Revista Merkado » DECOR
quarta 24 de fevereiro de 2016, por: Equipe Merkado

LUZ+ é... arte em iluminar... point em Criciúma

Tudo começou há quase 20 anos com a arquiteta Denise Back. Percebendo que Criciúma não tinha uma loja no segmento de iluminação decorativa, mas apenas lojas de materiais elétricos, ela resolve abrir a LUZ+ e oferecer à cidade novidades, tendências de iluminação. Foi uma verdadeira revolução!
Selma Comin era colaboradora de Denise havia 12 anos. Formada em administração de empresas, ela exercia o cargo de vendedora, atendendo aos principais profissionais parceiros da loja. Meio caminho andado para dar continuidade ao empreendimento quando, em 2011, Denise decidiu ir para Florianópolis onde possui família e outra loja para administrar: a Ouse Iluminação.
“Denise resolveu vender a loja pra mim, com a mesma marca, mesmo nome fantasia e em um momento em que a loja atravessava uma ótima fase”, comenta Selma. “Uma questão de confiança”, completa.
Segundo Selma, a LUZ+ fez parte do Núcleo Catarinense de Decoração dede o início e manteve as mesmas parcerias com profissionais e fornecedores. Já a fachada, o layout do espaço e o showroom foram totalmente renovados. “Ficamos no mesmo endereço durante 4 anos. Agora, há cerca de um mês, mudamos para um novo endereço, em Criciúma mesmo”.
O novo espaço fica em uma área nobre da cidade e com ótima visibilidade. Além disso, possui uma área maior que permitiu a instalação de um showroom com ambientações. “Estamos muito felizes com o novo endereço. Passamos a atingir um público diferente que, antes, pela localização, não alcançávamos. O endereço é mais acessível, as pessoas chegam com maior facilidade”.
“Iluminar é nossa arte! Trazemos para Criciúma e região o que há de novidade, tendência para o mercado”, afirma referindo-se a toda linha de luminárias decorativas que disponibiliza. São lustres, pendentes, plafons, arandelas, abajures, embutidos, entre outros.
Ao falar sobre os fornecedores, ela destaca as marcas Iluminar, Bertolucci, Aver Metais, Bella Iluminação e Fabbian, entre outras exclusividades. (...)

 

Faça sua assinatura e leia mais. Clique aqui

Nenhuma edição encontrada.
Nenhuma edição encontrada.