sexta 09 de outubro de 2015, por: Equipe Merkado

A ousadia está subindo pelas paredes

Delicados, discretos, lisos, estampados, ou com geometrismos. Existem várias opções de papéis de parede no mercado. Com um toque de bom gosto, eles mudam, em um instante, a cara do ambiente. Considerado clássico e sofisticado na década de 60, quando essa opção de decoração para as paredes começou a ser produzida no Brasil, hoje a criatividade na produção deste material permite muito mais ousadia na hora de decorar.
Na procura por papéis de parede é fácil se perder na variedade de estilos, pois é possível que se encontre de tudo um pouco. Imitações de texturas, de tecido a metal; estampas delicadas ou marcantes; desenhos infantis ou obras de arte.
“Antes de iniciar a procura, é importante ter em mente o que se espera da decoração do ambiente, mas não se feche a novas possibilidades”, é o que recomenda o designer e sócio da Adecolor Decoração, Hugo Quintela.
O designer, um verdadeiro apaixonado pelas “vestimentas de parede”, afirma que a praticidade e o melhor custo do material se comparado ao revestimento, por exemplo, facilita a saída do óbvio e a criação de diferentes estilos para um cômodo, ou, até mesmo, para uma única parede. “Caso você se canse daquelas tonalidades, ou simplesmente queira mudar, você pode, sem demora, trocar a ‘roupa’ do ambiente”, afirma Quintela.
Ele aproveita para destacar algumas opções que podem fazer do papel de parede estilizado se transformar no protagonista da decoração. “Em um cômodo onde se queira produzir algo que remeta ao rústico, existem papéis que imitam paredes de tijolinhos, por exemplo.” E, continua, dizendo que “há também aqueles que são estampados, com quadros ou artigos de decoração, e que conseguem realmente substituir estas peças no ambiente”. Até mesmo os papéis mais discretos compõem, com muita classe, um ambiente, uma vez que a textura utilizada na parede preenche o espaço com um toque de sofisticação. “A única regra na hora de utilizar um papel de parede é o bom gosto e a harmonia com os adereços do local”, finaliza.

Nenhuma edição encontrada.
Nenhuma edição encontrada.